Dez regras para manter uma boa saúde

Dez regras para manter uma boa saúde

Certamente, mais de um terá iniciado o ano com a prioridade de ter boa saúde, recuperando e eliminando as toxinas recebidas pelo organismo em 2015. No entanto, muitos se perguntam: qual é o caminho certo para isso?

Seguir boas recomendações pode ajudar a prevenir doenças cardiovasculares, problemas de pressão arterial, mau humor, dores de cabeça e até a doença de Alzheimer.

Nesse sentido, Julián David Toro, médico do Grupo Emi, aconselha a manter uma dieta saudável, descansar adequadamente e proteger o corpo do sol que assola o país nos dias de hoje.

Com ele, concorda Gilberto Castillo, médico interno e cardiologista do Centro Médico Imbanaco, que aconselha a não deixar de lado a atividade física e o check-up médico, já que este último poderia ajudar a descobrir algumas complicações no tempo.

Além disso, a médica ayurvédica Maria Amelia Bueno aconselha a meditação como uma prática para ensinar a mente a liberar o estresse, outra causa de grandes doenças.

Desta forma, os especialistas fornecem recomendações ideais para colocar em prática e cumprir esse objetivo de 2016: ter boa saúde.

Leia também: Dermaroller funciona

1. dieta saudável

Carregar uma dieta diversificada, rica em frutas e legumes é a principal coisa para começar 2016 com boa saúde. Além disso, o médico do Grupo Emi, Julián David Toro, recomenda reduzir a ingestão de gordura e sal, já que o último elemento “aumenta as chances de ter hipertensão”, diz ele. Por esse motivo, o ideal é não ter sal na mesa. A Toro aconselha usar apenas uma pitada para dar sabor aos alimentos, mas não adicionar mais.

Outro aspecto a ter em conta é o açúcar, porque, embora seja necessário fornecer energia ao organismo, este não deve ser consumido em excesso.

Sem dúvida e especialmente em um clima como o de Cali, é importante ter uma boa hidratação. “A coisa mais aconselhável é beber entre um e dois litros de líquidos por dia, levando em conta que toda vez que consumimos frutas ou suco, eles também se transformam em líquidos”, diz Toro.

2. Substâncias menos nocivas
Em si e por si só, o álcool e a cafeína são prejudiciais quando consumidos em excesso. Por esta razão, o especialista Julian David Toro recomenda reduzir o consumo dessas substâncias se você quiser estar em boa saúde neste novo ano.

“Para um homem saudável, é aconselhável beber entre um e dois drinques por dia, falando do tamanho de um copo e especificamente do vinho, porque ele tem antioxidantes, enquanto que para as mulheres é um por dia”, diz Toro.

Quanto à cafeína, pode causar pressão arterial e problemas cardiovasculares quando você tem um concentrado específico (aquele que está presente nas bebidas energéticas).

3. proteção solar
Nesta época, quando o sol é mais forte devido às mudanças climáticas, é importante ter uma boa proteção solar, tanto em crianças quanto em adultos.

O médico Julián David Toro aconselha a usar óculos, boné ou chapéu, calças de mangas compridas e roupas de tecido grosso que cubram bem a pele.

Quanto à proteção solar, é aconselhável comprar um protetor de amplo espectro, ou seja, aqueles que protegem contra os raios UVA e UVB. “Bloqueadores com mais de 30 FPS devem ser comprados. Da mesma forma, o sol deve ser evitado entre as 10:00 e as 16:00, já que é quando bate mais forte “, diz Toro.

4. Aumentar a atividade física
Este ponto é um complemento ao anterior. No entanto, Gilberto Castillo, médico internista e cardiologista do Centro Médico Imbanaco, explica que o exercício é diferente do aumento da atividade física.

“Se a pessoa tem tempo para fazer exercícios aeróbicos, como natação, corrida, caminhada, ciclismo, jogar tênis, é bom, mas se não, o conselho é que, se você tiver que subir o elevador, é melhor descer as escadas, usar menos o carro, saia do ônibus uma parada antes do seu destino, para andar um pouco mais “, aconselha o especialista.

O ideal, diz Castillo, é que no dia em que a pessoa tenha feito 10 mil passos, o que pode ser contado em um pedômetro ou com diferentes aplicativos para smartphones. Quanto ao exercício, recomenda-se fazer 150 minutos por semana, ou seja, 30 minutos por cinco dias.

5. Bom descanso
Para evitar dores de cabeça, mau humor e mau desempenho durante o dia, os especialistas recomendam um bom sono.
Para conseguir isso, é importante dormir por pelo menos seis horas, já que com uma boa noite de sono o corpo limpa tudo o que recebeu durante o dia.
No entanto, deve-se notar que antes de dormir você não deve usar dispositivos eletrônicos na sala, você deve comer duas ou três horas antes de dormir e evitar trazer problemas para o quarto.

6. Estimular o cérebro
Como qualquer parte do corpo, é necessário que o cérebro se exercite para que permaneça saudável e, assim, previna futuras doenças que afetam esse órgão.

O portal da web Dementia and Alzheimer recomenda alguns exercícios de memória e cognitivos para fortalecê-lo. Entre eles, ele aconselha a leitura de livros, aprendendo números de telefone, jogando jogos como sudoku, palavras cruzadas, aprendendo a tocar um instrumento ou um novo idioma; Romper com a rotina: uma maneira pode ser usar a mão oposta à que você normalmente usa.

7. Emoções e meditação
Quando se fala em ser, as doenças são também uma maneira de dizer que algo não está certo por dentro, seja uma situação de estresse ou tristeza que torna o organismo mais propenso e o torna mais propenso a vírus que circulam no ar, diz Vicky Reyes, diretor do Círculo Ser.

Por esta razão, o especialista recomenda aceitar a situação, “se vier a tristeza, você deve chorar, consulte um especialista se necessário, para que isso não afete sua saúde”.

Por seu turno, a especialista em medicina ayurvédica, Maria Amelia Bueno, recomenda a meditação como uma prática ideal para libertar a mente dos pensamentos negativos. “Meditar é uma maneira de ensinar a mente a ser calma e a diminuir os níveis de estresse, o que traz grandes benefícios à saúde”, diz Bueno.

8. Atividade social
Realizar atividades lúdicas, seja com amigos, familiares ou parceiros, são de grande benefício para evitar cair na monotonia e evitar o estresse, além de manter o cérebro ativo.
Assistir a um filme, ir ao parque, fazer exercícios ou fazer pequenas caminhadas são algumas das sugestões do especialista Julián David Toro.

9. dia de spa
Dedicar uma vez por mês para ir ao spa é fundamental para a saúde. “É uma prática que permite que as pessoas saiam de sua rotina, abandonem o estresse e se dediquem”, diz Constanza Rodríguez, dona do Spa y Vida. Por esta razão, uma esfoliação, uma sessão de chocolate, uma massagem relaxante com pedras vulcânicas e uma tarde em um jacuzzi podem ajudar a limpar a pele e prevenir doenças relacionadas ao estresse.

10. Check-up médico
Em relação à prevenção de doenças, o que se recomenda é que uma pessoa saudável realize um exame médico uma vez ao ano. Segundo o especialista Gilberto Castillo, esses exames permitem conhecer e controlar fatores de risco, principalmente cardiovasculares.

“A visita onde o especialista permite avaliar a pressão e formular os exames necessários para conhecer os níveis de açúcar e colesterol no sangue”, indica Castillo. Estes aspectos determinados no tempo, seriam fundamentais para evitar sofrer uma complicação cardiovascular, pois conhecer os resultados pode ser tratado e controlado adequadamente.

Uma das técnicas mais simples é fechar os olhos e concentrar-se na respiração, ver como o ar entra e sai do corpo. Esta prática pode ser realizada por cinco minutos, quatro vezes ao dia ou 20 minutos por dia.

Fonte: https://www.valpopular.com/dermaroller-funciona/

Leave a Reply